Atenção com as promessas de bronzeado fácil

Escolha do protetor solar adequado deve ser feita a partir de uma conversa com o dermatologista

 

A primeira coisa que vem à cabeça quando se pensa em prevenir as incômodas queimaduras do sol é o USO DO famoso protetor solar. Ele é, sim, importante, mas é preciso bastante cuidado e orientação profissional na hora da escolha do produto que será usado. Um primeiro alerta é estar atento com aqueles itens que prometem um bronzeado perfeito.

“Os produtos que bronzeiam tem baixa proteção solar e permitem que o sol chegue na pele de maneira mais intensa. Então, na verdade, aumentamos o risco de uma queimadura acontecer. No passado, eram até mais comuns esses óleos bronzeadores. Hoje, felizmente, nosso conhecimento está mais evoluído neste aspecto”, explica o dermatologista membro da SBD-RS e coordenador da campanha Dezembro Laranja no RS, Fabiano Siviero Pacheco.

A presidente da Sociedade Brasileira de Dermatologia – Secção RS, Analupe Webber, explica que é importante sempre lembrar que a exposição solar é uma ação contínua que temos ao longo de toda a vida.

“Nossa pele vai ser mais ou menos agredida conforme o comportamento que tivermos não apenas em um final de semana, mas como rotina. Toda vez que vamos a praia e acabamos nos expondo ao sol indevidamente, há uma reação da pele, que é o maior órgão do corpo humano. O bronzeado, então, é uma resposta do organismo ao dano que aquela célula sofreu”, alerta.

Entre as recomendações é importante evitar o sol entre 9h e 15h. O sol do meio dia tem uma quantidade de ultravioleta TIPO B (UVB) muito intensa e ele é o raio mais perigoso do ponto de vista de saúde. A exposição inadvertida neste horário é a mais agressiva, então precisa ser evitada. Outras recomendações complementares são o uso de chapéu, camiseta e óculos escuros. Em relação ao protetor solar, os especialistas recomendam sua aplicação trinta minutos antes da exposição ao sol; reaplicar a cada duas horas e não esquecer partes específicas do corpo como AS orelhas. Ainda, reaplicar após sair da água ou após transpiração intensa, como Na prática de exercícios físicos, por exemplo

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email

Sobre a SBD/RS

A Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) é a única instituição reconhecida oficialmente pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) e pela Associação Médica Brasileira (AMB) como representante dos dermatologistas no Brasil. Os médicos dermatologistas a ela ligados precisam obter o Título de Especialista que atesta a sua capacitação.

 

A secção SBD-RS é a sua representante no território do Rio Grande do Sul.

Publicações recentes

Conecte-se

Este site utiliza cookies

Utilizamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer funcionalidades de redes sociais e analisar o nosso tráfego. Se de acordo, clique em ACEITAR ao lado.