Dezembro Laranja vai iluminar prédios e alertar sobre a importância da prevenção do câncer de pele

Iniciada em 1999, a Campanha Dezembro Laranja tem se firmado como uma referência na educação e orientação da população brasileira.

 

Neste ano, respeitando os protocolos de restrições de circulação, O Dezembro Laranja não terá o tradicional atendimento presencial. “O tema da Campanha será “O Verão com Muita Proteção”, pois a estimativa é que haja uma maior presença dos brasileiros nas atividades de lazer do verão. O objetivo da ação, liderada pela Sociedade Brasileira de Dermatologia é tornar o movimento ainda mais conhecido pela sociedade, informar sobre a doença, sensibilizar sobre as formas de prevenção e contribuir para o diagnóstico correto.

“Com forte direcionamento para as mídias sociais e buscando o engajamento dos associados da Sociedade Brasileira de Dermatologia, convido a todos que participem e auxiliem na divulgação das atividades desta grande Campanha”, afirma o dermatologista e coordenador do Dezembro Laranja no Rio Grande do Sul e dermatologista, Fabiano Siviero Pacheco.

Entre os diversos locais que receberão a iluminação laranja estão previstos o Palácio Piratini, sede do governo estadual; a Associação Médica do Rio Grande do Sul (AMRIGS), os estádios Beira Rio e Arena do Grêmio e a Unimed.

Segundo dados da Sociedade Brasileira de Dermatologia, o câncer da pele responde por 33% de todos os diagnósticos desta doença no Brasil, sendo que o Instituto Nacional do Câncer (INCA) registra, a cada ano, cerca de 185 mil novos casos. O tipo mais comum, o câncer da pele não melanoma, tem letalidade baixa, porém seus números são muito altos. A doença é provocada pelo crescimento anormal e descontrolado das células que compõem a pele. Essas células se dispõem formando camadas e, de acordo com as que forem afetadas, são definidos os diferentes tipos de câncer. Os mais comuns são os carcinomas basocelulares e os espinocelulares, responsáveis por 177 mil novos casos da doença por ano. Mais raro e letal que os carcinomas, o melanoma é o tipo mais agressivo de câncer da pele e registra 8,4 mil casos anualmente.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email

Sobre a SBD/RS

A Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) é a única instituição reconhecida oficialmente pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) e pela Associação Médica Brasileira (AMB) como representante dos dermatologistas no Brasil. Os médicos dermatologistas a ela ligados precisam obter o Título de Especialista que atesta a sua capacitação.

 

A secção SBD-RS é a sua representante no território do Rio Grande do Sul.

Publicações recentes

Conecte-se

Este site utiliza cookies

Utilizamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer funcionalidades de redes sociais e analisar o nosso tráfego. Se de acordo, clique em ACEITAR ao lado.