Imunobiológicos: por que eles são tão importantes no tratamento de doenças dermatológicas?

A programação ocorrerá ao longo da tarde de sexta-feira (18/03) com palestras realizadas de forma presencial no Hotel Hilton, em Porto Alegre (RS)

Os imunobiológicos tornaram-se grandes aliados no tratamento de doenças dermatológicas e recebem, por isso, uma atenção especial nos estudos da área médica. O 4o Simpósio Gaúcho de Terapêutica Dermatológica e Imunobiológicos integra a programação da 46a Jornada Gaúcha de Dermatologia que será realizada de forma híbrida nos dias 18 e 19 de março de 2022, em Porto Alegre (RS).

Os imunobiológicos são capazes de promover interações pontuais no sistema imune, promovendo, entre outras ações, o bloqueio de substâncias inflamatórias e solúveis no sangue.

“A Jornada Gaúcha de Dermatologia proporcionará um debate em um tema que tem se destacado muito que é a imunodermatologia e que envolve várias áreas. São diversos avanços significativos que valem a pena serem conhecidos pelos médicos e que serão trazidos por renomados profissionais”, convida a dermatologista e diretora da Sociedade Brasileira de Dermatologia – Secção RS (SBD-RS), Clarissa Prati.

A programação inicia com apresentação da médica Juliana Boza que falará do acesso aos imunobiológios no âmbito público e privado. Jaquelini Barboza discorrerá sobre o Check-up necessário antes de prescrever os imunobiológicos. Na sequência, Luciane Prado de Vargas fala da imunização e imunobiológicos

Uma das doenças em que a medicação tem feito a diferença para o tratamento é a psoríase. O tema será trazido em aulas que ocorrem em sequência. O tratamento imunobiológico da psoríase é geralmente utilizado em casos moderados ou graves e segue um protocolo definido pela Sociedade Brasileira de Dermatologia, que leva em consideração o grau da doença e a resposta ao tratamento oral ou a fototerapia. O médico André Vicente Esteves de Carvalho vai apresentar os biológicos que estão disponíveis para o tratamento da doença e a seguir, Leandro Linhares Leite, discorrerá sobre os efeitos colaterais mais comuns com os biológicos na psoríase e como manejá-los. Por fim, Anelise Rocha Raymundo (PR) ministra aula sobre como escolher o imunobiológico para o paciente com psoríase.

Outras doenças que possuem o tratamento beneficiado pelas medicações também estarão em pauta como o vitiligo, que terá uma apresentação de Caio de Castro (PR); a dermatite atópica, que será debatida por Daniel Lorenzini e a urticária crônica espontânea, que será abordada por Lia Pinheiro Dantas. Por fim, o carcinoma avançado será o tema apresentado por Antonio Dal Pizzol Jr. que é oncologista.

Além da 46a Jornada Gaúcha de Dermatologia a programação contempla o 4o Simpósio Gaúcho de Terapêutica Dermatológica e Imunobiológicos e 5a Jornada Multisserviços. O evento será realizado de forma híbrida com atrações online e presenciais, no Hotel Hilton, em Porto Alegre (RS). Mais detalhes podem ser conferidos no site https://sbdrs.org.br/jornada/

 

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email

Sobre a SBD/RS

A Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) é a única instituição reconhecida oficialmente pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) e pela Associação Médica Brasileira (AMB) como representante dos dermatologistas no Brasil. Os médicos dermatologistas a ela ligados precisam obter o Título de Especialista que atesta a sua capacitação.

 

A secção SBD-RS é a sua representante no território do Rio Grande do Sul.

Publicações recentes

Conecte-se

Este site utiliza cookies

Utilizamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer funcionalidades de redes sociais e analisar o nosso tráfego. Se de acordo, clique em ACEITAR ao lado.