Médicos alertam para importância de cuidados profissionais na dermatologia

Seja no cuidado com a saúde ou na busca do bem estar, o médico dermatologista é o profissional habilitado para atuação na área

Com o passar dos anos, a especialidade da Dermatologia ganhou importância cada vez maior, seja no aspecto da estética ou nos cuidados com a saúde. Novas tecnologias e o culto à beleza do corpo impulsionaram práticas de bronzeamento, emagrecimento e rejuvenescimento da pele que ajudam, mas exigem um cuidado por parte da população, sob riscos de graves consequências. Em casos mais graves, um erro em diagnóstico ou procedimentos pode até levar a morte. O alerta da Sociedade Brasileira de Dermatologia – Secção RS (SBD-RS) é que em qualquer uma das condições, a referência seja o médico com especialização na área.

– A principal vantagem em buscar um médico Dermatologista especialista é a segurança. Devido aos anos de dedicação exclusiva ao estudo teórico e prático, este profissional possui um elevado domínio de todos os aspectos necessários à prática de excelência, do diagnóstico ao tratamento, além do manejo de intercorrências – destaca a presidente da SBD-RS, Clarissa Prati.

Algumas das doenças mais conhecidas pela população, e que são de alcance do dermatologista, são a acne (espinhas), alergias, vitiligo, psoríase, queda de cabelos, hanseníase (lepra) e câncer da pele. O profissional também é habilitado para tratar problemas nas mucosas, unhas, cabelos e doenças sexualmente transmissíveis (DST).

– Lidamos com mais de três mil doenças que afetam a pele, unhas, cabelos e mucosas de crianças, adultos e de idosos. Atuamos no diagnóstico, na prevenção e no tratamento de doenças, além de orientar sobre cuidados gerais, solucionar problemas estéticos e trabalhar na manutenção da beleza da pele – salienta Prati.

Para se tornar um dermatologista, é preciso formação completa na faculdade de Medicina. Após, inicia a Residência Médica em Dermatologia, com mais de nove mil horas de estudos, atendendo pacientes e aprendendo sobre tratamentos clínicos, cosmiátricos, laser, oncológicos e cirúrgicos. Ao final desta etapa, o médico precisa realizar registro no Conselho Federal de Medicina, para oficialmente ser considerado especialista.

A SBD-RS possui mais de 500 médicos dermatologistas associados no estado e é uma das secções da entidade nacional, a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), que é reconhecida pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) e pela Associação Médica Brasileira (AMB). Portanto, é a representante oficial dos médicos dermatologistas em nosso estado. Outras informações sobre o trabalho do dermatologista podem ser obtidas no site www.sbdrs.org.br.

Redação: Marcelo Matusiak e Mariana da Rosa
Coordenação: Marcelo Matusiak

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email

Sobre a SBD/RS

A Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) é a única instituição reconhecida oficialmente pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) e pela Associação Médica Brasileira (AMB) como representante dos dermatologistas no Brasil. Os médicos dermatologistas a ela ligados precisam obter o Título de Especialista que atesta a sua capacitação.

 

A secção SBD-RS é a sua representante no território do Rio Grande do Sul.

Publicações recentes

Conecte-se

Este site utiliza cookies

Utilizamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer funcionalidades de redes sociais e analisar o nosso tráfego. Se de acordo, clique em ACEITAR ao lado.