Infecção Fúngica das unhas

O que é uma infecção fúngica da unha?

As infecções fúngicas das unhas também são conhecidas como onicomicoses ou tinea ungueal. O fungo responsável é geralmente o mesmo que causa o pé do atleta (infeção comum da pele dos pés), especialmente, entre os dedos dos pés. No pé do atleta, o fungo responsável vive na queratina que compõe a camada externa da pele. Quando o fungo se espalha para a queratina das unhas, o resultado é uma infecção fúngica das unhas.

Qual a causa de fungos de unhas?

Fungos do pé do atleta (chamados dermatófitos) causam a maioria das infecções das unhas. Menos frequentemente, uma infecção nas unhas é devida a outros tipos de fungos, geralmente leveduras (por exemplo, Cândida). Unhas que já estão danificadas, são mais fáceis para o fungo invadir. As infecções fúngicas das unhas dos pés são muito comuns (1 em cada 4 pessoas podem ser afetadas em algum momento), logo, nas unhas das mãos, a incidência é menor.

De onde vem esses fungos, como acontece o contágio?

Fungos são criaturas que vivem no meio ambiente: se pode contaminar em areias, vestiários, ambientes úmidos de trabalho, canchas de esporte e várias outras situações. Não há necessidade de evitar esses locais, o mais importante é manter a pele seca, pois a pele úmida, até mesmo de suor, favorece o desenvolvimento. Fungos de pele que atuam na superfície são no geral pouco patogênicos.

Acometem com mais frequência nos idosos, nos que têm sistemas imunitários deficientes, e em pessoas com diabetes e má circulação periférica. Atletas ou frequentadores de academias com vestiários quente e úmido ajuda fungos a crescer e causar infecções. Usar por muito tempo calçado fechado, pode aumentar o risco de infecções fúngicas.

Os fungos são hereditários?

Em termos gerais, não. Entretanto alguns casos extremamente raros, existe um fator de risco genético e outros membros da família também podem ser afetados.

Quais são os sintomas de infecções fúngicas das unhas?

No início, normalmente não há sintomas. Depois, as unhas podem ficar tão grossas que doem quando pressionam o interior de um sapato, tornando-se difícil de cortar. A pele nas proximidades também pode ter uma infecção fúngica; pode coçar, rachar, formar uma bolha, especialmente, entre os dedos dos pés.

Como fica a unha afetada por fungos?

Quando os fungos infectam as unhas, geralmente começam na sua borda livre, se espalhando pelo lado da unha em direção à base da cutícula. As áreas infectadas tornam-se brancas ou amareladas, e ficam espessadas, podendo haver partes brancas na superfície das unhas. As unhas mais afetadas por infecções fúngicas são as do primeiro dedo dos pés. Às vezes, especialmente naquelas que realizam trabalhos úmidos regulares, como donas de casa, domésticas e faxineiras, fazendo com que a pele em volta da unha torne-se vermelha e inchada. Isto é chamado paroniquia e pode permitir que a infecção entre na unha.

Qual a recomendação principal?

Nem tudo que afeta a unha é micose! Psoriase, liquen plano e muitas outras patologias de diversa gravidade acometem unhas somente, ou junto  com lesões na pele. Consulte um dermatologista acreditado pela SBD

 

Autor(a): Dra. César Bimbi | CRM 7967
A SBD-RS não se responsabiliza pelo conteúdo dos artigos apresentados na Palavra do Dermato. O artigo apresentado acima é de total responsabilidade do autor.

 

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email

Conecte-se