Preenchimentos faciais com Ácido Hialurônico – Dr. Maurício de Quadros

Com o processo de envelhecimento, ocorre uma perda de sustentação facial devido a diminuição da produção de colágeno, reabsorção óssea e de gordura.  Eis que surge um dos maiores aliados dos dermatologistas no combate a este processo: o preenchimento com um gel contendo ácido hialurônico.   Ao longo dos anos também o Dermatologista mudou a sua forma de tratamento com preenchedores: ao invés de simplesmente tratar os sulcos, busca-se um rosto mais harmônico, com contornos definidos e restaurando o volume facial perdido.

O ácido hialurônico passa por um processo chamado “reticulação”, o que aumenta a durabilidade do produto.  A durabilidade do preenchimento com ácido hialurônico é maior do que a da toxina botulínica e vai depender da densidade do produto utilizado pois a escolha da densidade depende da área tratada.  Além disso, é importante ressaltar que o ácido hialurônico está normalmente presente na nossa pele.

O ácido hialurônico é utilizado para preenchimento facial de lábios, bochechas, contorno da face, queixo, região das têmporas e olheiras, bigode chinês. Além disso, a técnica também é usada para a elevação dos supercílios, correção de depressões decorrentes de cicatrizes de acne e auxilia a toxina botulínica em pacientes que tem alguma assimetria facial.

O procedimento é realizado no consultório e requer um bom conhecimento anatômico da área a ser tratada.  É importante consultar o seu dermatologista para que ele possa avaliar o que a sua pele necessita e indicar o tratamento mais preciso.

Autor: Dr. Maurício de Quadros, dermatologista SBD-RS

A SBD-RS não se responsabiliza pelo conteúdo dos artigos apresentados na Palavra do Dermato. O artigo apresentado acima é de total responsabilidade do autor.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email

Conecte-se