Melasma

O melasma é uma alteração da coloração da pele que se apresenta como manchas castanhadas e ocorre principalmente no rosto, mas pode afetar também áreas fora do rosto, como braços e colo. 

O melasma ocorre muito mais em mulheres do que em homens e possui vários fatores envolvidos na sua causa. Entre os fatores envolvidos o principal é a exposição solar, mas há influência hormonal (hormônios contidos em anticoncepcionais e da gestação), de fatores genéticos e da exposição à luz visível (telas de aparelhos eletrônicos, como celulares, lâmpadas e o sol emitem luz visível), além de alguns medicamentos estarem envolvidos também.

Infelizmente até o momento não existe cura para o melasma, os tratamentos conseguem clareá-lo e mantê-lo controlado, porém é necessário cuidar sempre, ou haverá risco de piora. As opções de tratamento incluem cremes clareadores, microagulhamento, peelings e tratamento com lasers, em especial os do tipo Q-switched, considerados até o momento dentre os lasers mais adequados para tratamento do melasma. 

Independente do tipo de tratamento em uso, o uso de protetores solares com cor é essencial, devendo ser aplicado diariamente. De nada adiantará realizar um tratamento com clareadores, por exemplo, sem caprichar no protetor solar adequado.

Evitar os fatores de piora do melasma, como a exposição solar, também são importantíssimos para quem não deseja observar escurecimento do melasma.

 

Autor(a): Dra. Clarissa Prieto Herman Reinehr | CRM 35821
A SBD-RS não se responsabiliza pelo conteúdo dos artigos apresentados na Palavra do Dermato. O artigo apresentado acima é de total responsabilidade do autor.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email

Conecte-se