Micoses das unhas (onicomicoses) – Dr. Mauricio de Quadros

É uma infecção causada por fungos que se alimentam da queratina, proteína que forma a maior parte das unhas. As unhas dos pés são as mais afetadas por enfrentarem ambientes úmidos, escuros e quentes com maior frequência do que as das mãos. Esse ambiente é considerado ideal para o crescimento dos fungos.

A micose de unha pode manifestar-se com algum dos seguintes sinais: espessamento da unha, branqueamento ou escurecimento, descolamento, fragilidade e mesmo destruição da unha.

São considerados fatores de risco a presença de frieiras (entre os dedos), ser diabético, ter idade avançada e ser portador de infecção pelo HIV.

As lesões das unhas da onicomicose podem se parecer com as lesões de unha de outras doenças, como psoríase, alergias, traumas, deficiência de ferro, etc. Em várias situações não é possível afirmar que o paciente sofre de onicomicose apenas examinando a unha e pode ser necessário realizar um exame de raspagem para diagnosticar a doença.

A onicomicose é uma infecção difícil de tratar porque as unhas crescem lentamente e recebem pouco suprimento de sangue. O tratamento pode ser feito com tópicos ou com antifúngicos orais. O acompanhamento pelo dermatologista é importante pois frequentemente exames de sangue serão realizados para acompanhar os efeitos da medicação oral pelo prolongado tempo de tratamento e evitar interações medicamentosas que podem alterar a eficácia do tratamento ou aumentar os efeitos adversos.

Autor: Dr. Mauricio de Quadros, dermatologista SBD-RS

A SBD-RS não se responsabiliza pelo conteúdo dos artigos apresentados na Palavra do Dermato. O artigo apresentado acima é de total responsabilidade do autor.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email

Conecte-se