Impetigo – Dra. Patrícia Borchardt Bolson

Impetigo é uma infecção de pele causada por bactérias. Ocorre mais comumente em crianças em idade pré-escolar e escolar. Pode iniciar em pequenos traumas na pele, como machucados e picadas de inseto, mas pode ocorrer sem lesão cutânea prévia. A falta de higiene também pode ser fator predisponente. O diagnóstico é clínico, não necessitando na maioria das vezes de exames complementares.

Existem duas formas de apresentação clínica: o bolhoso e o não-bolhoso. A forma não-bolhosa é a mais comum e apresenta-se com lesões que se iniciam avermelhadas com algumas pústulas que evoluem para placas com crostas amareladas. Ocorre mais comumente na face, mas pode acometer qualquer parte do corpo. Geralmente não causa desconforto intenso, apenas leve coceira e ardência e a maioria dos pacientes não apresenta febre. Se não realizado tratamento correto, as lesões podem se espalhar para outras partes do corpo.

O impetigo pode ser contagioso, principalmente em escolas e creches. Climas quentes e úmidos facilitam a transmissão das bactérias. Pacientes com impetigo de repetição devem ser investigados e tratados para colonização nasal pela bactéria causadora.

O tratamento é realizado de acordo com a extensão das lesões com antibióticos específicos, tópicos ou via oral. Orienta-se também cuidados específicos de higiene. As lesões geralmente regridem sem deixar cicatriz quando realizado tratamento correto. Uma minoria pode desenvolver alteração renal devido à reação causada pela bactéria.

Autor: Dra. Patrícia Borchardt Bolson, dermatologista associada da SBD-RS.

A SBD-RS não se responsabiliza pelo conteúdo dos artigos apresentados na Palavra do Dermato. O artigo apresentado acima é de total responsabilidade do autor.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email

Conecte-se