PALAVRA DO DERMATO – Melanoma

O melanoma é um tipo de câncer de pele com grande impacto nos dias de hoje, sua frequência vem aumentando em todo o mundo. Os indivíduos com pele clara, muitas pintas no corpo, que possuem história familiar de melanoma e também aqueles que já receberam muitas queimaduras de sol ao longo da vida são os mais susceptíveis ao seu desenvolvimento e devem ter atenção especial, apesar de que ele pode surgir em qualquer tipo de pele.

Hábitos de proteção solar como evitar exposição solar abusiva em horários entre 10 e 16 horas, utilizar chapéus e roupas e usar filtros solares podem ser grandes aliados em sua prevenção.

O melanoma pode se manifestar de diferentes formas, entretanto, a grande maioria das lesões vai se apresentar seguindo os critérios do ABCD do melanoma. O “A” significa uma lesão assimétrica. O “B” significa bordas irregulares. O “C” significa cor preta ou cores múltiplas em tons de marrom e, finalmente, “D” significa ter um diâmetro superior a 0,6 cm.

Todo individuo que apresentar lesões com estas características deve procurar atendimento por dermatologista. Além disso, sinais de pele antigos ou novos que começam a mudar de cor, aumentar de tamanho, que sejam diferentes da maioria dos outros sinais ou que apresentem sintomas recentes como coçeira, sangramento ou firmeza devem também ser avaliados. Independente da detecção de uma lesão suspeita, é recomendado que a população realize uma consulta periódica com dermatologista para checagem preventiva de sua pele. Isto costuma ocorrer 1 vez ao ano.

Algumas técnicas diagnósticas dermatológicas como a dermatoscopia e o mapeamento de sinais colaboram na detecção precoce deste tipo de tumor mesmo quando não suspeitado pelos pacientes. O tratamento dos melanomas será feito por cirurgia na enorme maioria dos casos. Outras terapias adicionais são realizadas dependendo da progressão do tumor, entretanto, a maioria dos pacientes felizmente não precisará de tratamentos como quimioterapia ou radioterapia. A detecção precoce ainda é o melhor critério para definir o prognóstico de casos de melanoma, desta forma, enfatiza-se a importância de revisar a pele com regularidade com seu dermatologista.

Autor: Dr. Renato Marchiori Bakos – Dermatologista SBD-RS

A SBD-RS não se responsabiliza pelo conteúdo dos artigos apresentados na Palavra do Dermato. O artigo apresentado acima é de total responsabilidade do autor.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email

Conecte-se