PALAVRA DO DERMATO – Psoríase do adulto

Psoríase é uma doença inflamatória sistêmica, crônica, não contagiosa, de origem genética, que piora com o stress, medicamentos ou infecções. Pode aparecer em qualquer idade, mas é mais comum no adulto. A pele é acometida por lesões vermelhas e que descamam, podendo coçar ou não. Os joelhos, cotovelos e o couro cabeludo são os locais mais acometidos, entretanto casos generalizados e graves podem ocorrer.

O diagnóstico é clínico, feito diretamente pelo dermatologista, mas em casos especiais, pode ser necessário a biópsia da lesão. Por ser uma doença da inflamação, esta pode ocorrer não só na pele, mas também nas articulações, levando a um quadro de artrite psoriásica, que afeta até 30% dos adultos com psoríase e, sem tratamento, pode acarretar deformidades articulares.

O acompanhamento conjunto com um reumatologista é essencial para o manejo destes casos. Pacientes com formas graves da psoríase são mais propensos às doenças cardiovasculares, elevação nos níveis de colesterol e triglicerídeos, hipertensão e diabete melito e o tratamento adequado da psoríase pode diminuir estes riscos.

Diversos tratamentos existem para controlar a doença e são escolhidos dependendo da gravidade da doença e do estado de saúde geral do paciente. Nos casos leves usualmente se usam pomadas hidratantes ou com corticóides. Nos casos resistentes ou naqueles aonde o tratamento inicial não foi bem sucedido, podem ser usadas a fototerapia (aplicação de radiação ultravioleta na pele, com ou sem uso de medicação associada) ou medicamentos específicos para a doença, como acitretina. O tratamento das formas mais graves da psoríase deve ser feito por dermatologista especialista devido à complexidade no uso das medicações e envolve uso de imunossupressores como metotrexato, ciclosporina ou medicações imunobiológicas.
Autor: Dr. André Carvalho – Dermatologista SBD-RS

A SBD-RS não se responsabiliza pelo conteúdo dos artigos apresentados na Palavra do Dermato. O artigo apresentado acima é de total responsabilidade do autor.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email

Conecte-se